Mamoplastia redutora e Mastopexia (lifting das mamas)

A Mamoplastia redutora e Mastopexia (lifting das mamas) restaura a harmonia e a estética dos seios, fundamentais para o bem estar e autoestima feminino

Mamoplastia redutora e Mastopexia (lifting das mamas)

Os seios representam para as mulheres a feminilidade. Com grande influência na autoestima, podem determinar comportamentos, interferindo positiva ou negativamente na vida delas. Por isso a harmonia e a estética dos seios são fundamentais para o bem estar feminino.

Ao longo da vida os seios podem apresentar alterações em seu formato, perda da elasticidade ou queda por causas variadas, como hormônios, amamentação, envelhecimento ou oscilações de peso.

As cirurgias indicadas são duas, mamoplastia redutora e mastopexia. A primeira visa reduzir o volume e o tamanho dos seios, indicada para os casos em que os seios causam desconforto e dor pelo tamanho grande. A segunda é recomendada para seios flácidos e caídos, tendo por objetivo apenas suspender e aumentar a projeção mamaria.

As cirurgias são realizadas através de incisões nos seios, removendo o excesso de gordura, de tecido e de pele. O tipo de cicatriz vai depender da técnica operatória utilizada, pode ser ao redor da aréola, ao redor da aréola e vertical, ou na aréola, vertical e horizontal no sulco da mama.

O paciente recebe alta no mesmo dia ou no dia seguinte. O paciente pode realizar a maioria de suas atividades cotidianas normalmente, mas deve se afastar do trabalho de 7 a 14 dias e não dirigir por 20. Nos primeiros dois meses não se deve pegar peso ou deitar de bruço. O sutiã compressivo deve ser usado por 2 meses e sol evitado por 6 meses.

O aspecto definitivo da cirurgia se dá de 8 a 18 meses e as cicatrizes são posicionadas de modo que podem ser escondidas por roupas intimas ou de banho, e tendem a clarear com o tempo.


Dicas e Novidades

Saiba tudo sobre cirurgia plástica e estética, beleza, saúde e bem estar.