Como Minimizar Cicatrizes, Inchaço e Vermelhidão Após Cirurgia Plástica

É possível minimizar cicatrizes. Também diminuir ou fazer antigas cicatrizes praticamente desaparecerem através de procedimentos reparadores. É comum conhecer alguém que tenha cicatrizes por ter sofrido algum tipo de...

Como Minimizar Cicatrizes, Inchaço e Vermelhidão Após Cirurgia Plástica

É possível minimizar cicatrizes. Também diminuir ou fazer antigas cicatrizes praticamente desaparecerem através de procedimentos reparadores.

É comum conhecer alguém que tenha cicatrizes por ter sofrido algum tipo de acidente, ou por ter passado por alguma cirurgia plástica sem os cuidados e acompanhamento necessários. Normalmente essas pessoas tentam esconder essas marcas por vergonha de sua aparência.

O que pouca gente sabe é que é possível um certo controle de como as cicatrizes se formam. As cicatrizes são o resultado de um complexo processo de recuperação de danos sofridos pela pele. Existem diversos fatores que afetam como uma ferida irá se comportar durante o processo de cura, e esses fatores irão definir a aparência da cicatriz.

Ou seja, apesar do processo de cicatrização e cura, variar de pessoa para pessoa, a aparência da cicatriz pode ser controlada e minimizada. Veja em nosso post como é o processo e como cuidar das cicatrizes após uma cirurgia.

Cuidados para Minimizar Cicatrizes

O cuidado de uma ferida que está a cicatrizar, mesmo que originada de uma cirurgia, irá variar de acordo com o estágio atual da ferida. Abaixo serão listadas algumas das formas mais efetivas de se tratar uma ferida para uma cicatrização melhor.

Permita que a ferida respire o máximo que for possível, e evite manter a ferida coberta ou cheia de cremes, óleos e afins. Nos estágios iniciais da cicatrização, deixar a ferida respirando e aberta é o melhor a se fazer para garantir uma boa reparação. A produção natural de fluidos reparadores estará acontecendo nos primeiros dias.

Manter a ferida molhada ou submersa por longos períodos quebra o ritmo natural de recuperação da pele, e impede a formação da nova pele por baixo da ferida. Mantenha a ferida limpa com um limpador específico para feridas, mas não limpe demais para deixar a pele se recuperar.

Caso haja riscos de infecção bacteriana, existem muitos produtos bactericidas em farmácias com um preço acessível e sendo extremamente práticos e funcionais. Se a vermelhidão natural da área aumentar, o inchaço aumentar, ou a ferida mudar de cor, consulte rapidamente um médico.

Mantenha a área que está cicatrizando longe da luz solar por períodos prolongados. Exposição ao sol dificulta e piora o processo natural de cicatrização da pele.

Manter a ferida molhada é ruim, porém é necessário manter ela levemente úmida para a cicatrização ser mais efetiva. Caso o curativo que esteja utilizando não seja bom para isso, busque algum produto que possa deixar a área úmida, ou um curativo mais efetivo. Curativos úmidos também auxiliam em fazer com que a área produza menos coceira.

A inflamação é um processo natural, porém irritar essa inflamação de qualquer forma será a pior coisa que você poderá fazer para fazer com que a cicatriz cresça e seja deformada. Tenha calma e paciência, evite coçar e tocar na ferida quando não for necessário.

Por fim, evite sabonetes e fragrâncias, e sempre troque os curativos, toda noite, para manter a cicatriz respirando e bem.

Viu que minimizar cicatrizes pode ser conseguido através de cuidados muitas vezes simples e as vezes de procedimentos cirúrgicos. Assine nossa newsletter para receber outras informações que vão ajudar você a se cuidar antes e depois de uma cirurgia plástica. Deixe também seu comentário.