5 cuidados pré-operatórios para plástica a que você deve atentar

por Dr. Fernando Rodrigues |  10 de setembro de 2018

Para que uma cirurgia plástica seja bem-sucedida, as recomendações de cada etapa devem ser seguidas. Assim, os cuidados pré-operatórios são os primeiros levados em conta para tudo sair conforme você deseja. Com todas as precauções sendo tomadas, a chance de ter um resultado positivo aumenta consideravelmente. Além de...

5 cuidados pré-operatórios para plástica a que você deve atentar

Para que uma cirurgia plástica seja bem-sucedida, as recomendações de cada etapa devem ser seguidas. Assim, os cuidados pré-operatórios são os primeiros levados em conta para tudo sair conforme você deseja. Com todas as precauções sendo tomadas, a chance de ter um resultado positivo aumenta consideravelmente.

Além de escolher um médico de confiança, existem outros procedimentos que devem ser feitos com total dedicação, capazes de alterar sua rotina e hábitos, mas que farão a diferença no resultado.

Neste post, selecionamos 5 cuidados pré-operatórios a que você deve atentar para que sua cirurgia plástica seja um sucesso!

1. Faça o risco cirúrgico

A avaliação costuma ser feita por um clínico geral ou cardiologista que, de preferência, conhece o histórico do paciente. A partir dessa consulta, o médico deverá prescrever os exames que serão realizados para dar sequência ao plano cirúrgico.

2. Pare de fumar

Para a realização de alguns procedimentos, é possível que o cirurgião responsável peça ao paciente que fique sem fumar por cerca de 40 dias. Essa solicitação deve-se ao fato de que as toxinas do cigarro impedem que o sangue receba a oxigenação necessária. Quando isso ocorre, alguns tecidos podem necrosar e o risco de o paciente ter trombose e embolia pulmonar aumenta bastante.

3. Faça o planejamento do seu pós-operatório

Todo procedimento cirúrgico exige um período de repouso para que o paciente tenha uma recuperação completa. Nesse momento, é importante ter pessoas com quem contar e estar em um local que ajudará evitar o estresse e qualquer outro problema que possa trazer alguma instabilidade, pois, todo aspecto físico e emocional é considerado na recuperação.

Evite exercícios físicos

O paciente deve estar ciente de que a prática de exercícios físicos é proibida durante determinado tempo e todo esforço deve ser minimizado para que não haja complicações. Mesmo sem estar em repouso absoluto, o carregamento de pesos ou a subida de escadas, por exemplo, são atividades a serem evitadas.

Evite o sol

O contato da parte operada com o sol pode aumentar as chances de sua cicatriz ficar escura. Por isso, é comum que o médico responsável aconselhe que fique por cerca de três meses longe do sol.

4. Hidrate bem sua pele

Dependendo do procedimento cirúrgico, é comum aparecer algumas estrias e, para minimizar esse risco, a hidratação é fundamental! Beber muita água e passar creme na região onde ocorrerá a cirurgia são práticas que ajudam a aumentar o colágeno da pele.

5. Converse com seu médico

É necessário que todas as instruções do seu médico sejam seguidas, por isso, você deve ter uma conversa sincera sobre o procedimento cirúrgico: os exames e o pós-operatório, por exemplo, devem estar em pauta para que, assim, você se prepare para todas as etapas.

Algumas instruções, como jejum, uso de medicamento e tempo de repouso, devem estar claras na sua mente, assim, todas as dúvidas devem ser sanadas antes da cirurgia. Um médico qualificado conseguirá ajudar e passar a confiança necessária para que escolha o melhor procedimento e uma equipe para realizá-lo.

Uma cirurgia sempre traz consigo alguns riscos, mas um profissional experiente saberá tomar todas as precauções para que ela seja um sucesso. Além disso, ao seguir as dicas de cuidados pré-operatórios, as chances de sucesso no procedimento e na recuperação só tendem a aumentar.

Agora que você conhece os cuidados pré-operatórios, leia também algumas dicas para evitar a depressão pós cirurgia.