fbpx

Coronavírus x Cirurgias: Saiba quais as orientações dos órgãos de saúde

por Dr. Fernando Rodrigues |  5 de maio de 2020
Coronavírus x Cirurgias: Saiba quais as orientações dos órgãos de saúde

Com o aumento de casos de coronavírus no Brasil, a rotina do país tem passado por constantes mudanças. O isolamento social, o fechamento de comércios e outras medidas foram tomadas como forma de conter a proliferação da doença. 

Hospitais e clínicas, que normalmente já recebem um alto número de pessoas todos os dias, tiveram de reforçar os protocolos de higiene e tomar outras medidas de prevenção.

O aumento da procura por hospitais devido à pandemia é uma preocupação dos órgãos de saúde. Uma vez que o risco de contaminação nesses locais é muito grande.

Atendimentos eletivos

 A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou em nota, uma orientação para  que consultas, exames ou cirurgias que não se enquadram em casos urgentes sejam adiadas.

O objetivo é liberar leitos para os pacientes infectados por coronavírus e evitar que pessoas saudáveis ou do grupo de risco que fazem uso dessas unidades se contaminem. 

A ANS destacou ainda a importância de manter o isolamento social e seguir à risca as orientações passadas pelo Ministério da Saúde no país. A recomendação é que as pessoas que necessitam de um atendimento que não seja urgente, evitem ao máximo o deslocamento até esses locais.

Meios digitais

Para que essas pessoas não fiquem sem o atendimento desejado a dica é  procurar outra forma de fazer contato com seu médico. Seja através de contato telefônico, internet ou ainda outros meios de comunicação como o whatsapp, por exemplo. 

Powered by Rock Convert

O aplicativo tem se mostrado cada vez mais útil, pelo fato de oferecer rápida comunicação. Através dele se pode fazer ligações ou até mesmo chamadas de vídeo. Em suma, facilitando o contato entre médicos e pacientes e ainda de forma segura.

Vale ressaltar que o exame para detecção do novo coronavírus foi incluído na cobertura obrigatória dos planos de saúde. Os beneficiários devem se comunicar com suas operadoras para saber mais informações, caso necessitem.

Coronavírus x Cirurgias

As cirurgias também foram impactadas pelo surto de coronavírus. Uma vez que os hospitais precisarão de mais leitos disponíveis para os pacientes contaminados. As cirurgias eletivas, ou seja, que não tem caráter de urgência deverão ser adiadas conforme orientação da ANS. 

Enquadram-se como eletivas as cirurgias como: operação de varizes, cirurgias plásticas, entre outras. A SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgias Plásticas) orientou seus membros, via informativo, que seguissem à risca o que diz as autoridades sanitárias. 

Salientou ainda a importância de fazer apenas os atendimentos de urgência. Não obstante, mantendo a assistência (preferencialmente por teleorientação e/ou presencial caso necessário) de pacientes em tratamento e/ou acompanhamento.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica (SBCO), informou que as cirurgias de pacientes de menor gravidade serão suspensas. Observando caso a caso e considerando opções de tratamento que sejam capazes de substituir ou postergar o procedimento cirúrgico.

No entanto, alguns tratamentos e procedimentos não podem ser adiados sob pena de se colocar a vida dos pacientes em risco. São eles: 

  • Atendimentos relacionados ao pré-natal, parto e puerpério; 
  • Doenças crônicas; 
  • Revisões pós-operatórias; 
  • Diagnóstico e terapias em oncologia, psiquiatria e outros tratamentos continuados
  • Tratamentos cuja não realização ou interrupção coloque em risco o paciente

Atendimentos de urgência e emergência devem ser realizados imediatamente. Todos os órgãos de saúde estão seguindo essas orientações. O objetivo com isso é diminuir a curva de pacientes infectados pela COVID-19 (coronavírus) no país.


Cirurgia Plástica em BH (Lipoaspiração, Mamoplastia, Silicone, Abdominoplastia, Rinoplastia, Lipo) Cirurgia Plástico em Belo Horizonte Minas Gerais