Dicas Pré e Pós-Operatório – O que Fazer Antes e Depois da Cirurgia

O sucesso de uma cirurgia plástica não depende apenas da operação, ele está relacionado também aos cuidados antes e depois dos procedimentos. Por isso, confira a seguir nossas dicas...

Dicas Pré e Pós-Operatório – O que Fazer Antes e Depois da Cirurgia

O sucesso de uma cirurgia plástica não depende apenas da operação, ele está relacionado também aos cuidados antes e depois dos procedimentos. Por isso, confira a seguir nossas dicas pré e pós-operatório e veja o que é necessário fazer para evitar complicações e garantir o resultado cirúrgico desejado.

No pré-operatório

Fique de olho no cardápio

Manter uma alimentação saudável evita o risco de anemia e da falta de vitaminas que possam atrapalhar a cicatrização. Sendo assim, não deixe de comer fontes de ferro, como carnes e verduras escuras. Mas os benefícios da alimentação só terão efeito se o cardápio for alterado meses antes de o procedimento.

Pare de fumar

O paciente fumante deve abandonar o vício pelo menos 30 dias antes da cirurgia, isso porque a nicotina, presente no cigarro, piora a circulação aumentando o risco de morte dos tecidos por falta de oxigênio, assim como dificuldade na cicatrização. O cigarro também está associado à possibilidade de trombose venosa e de embolia pulmonar.

Cuidado com os remédios

Qualquer medicamento a base do ácido acetilsalicílico – o mais famoso é a aspirina – vai prejudicar a circulação aumentando o risco de hematomas. Os vasodilatadores são outros tipos de medicamentos que precisam de atenção, pois eles aumentam o sangramento. Remédios para reposição hormonal ou anticoncepcionais também estão ligados ao risco de trombose que acontece quando o sangue coagula dentro das veias.

Hidrate a pele

Manter o hábito de hidratar a pele, ao menos duas vezes ao dia, vai melhorar a elasticidade e evitar o aparecimento de estrias.

No pós-operatório

Não volte a fumar

Espere pelo menos mais 30 dias se ainda decidir voltar ao hábito de fumar. Isso porque o risco de necrose e trombose são maiores nos primeiros 14 dias e a cicatrização precisa de oxigênio.

Continue a atenção aos medicamentos

Evite o uso de anticoncepcional por até 14 dias depois da cirurgia e o uso de anticoagulantes em até 21 dias.

Ambiente quente faz mal

Como em até 21 dias ainda existe o risco de sangramento, o calor gerado por um ambiente pode aumentar o risco de sangramento. Essa dica também vale na hora do banho que deve ser morno e rápido.

Nada de exercícios e de exposição solar

A prática de qualquer atividade física só está liberada – se for leve – após 45 dias da cirurgia, assim como a exposição solar. O sol, antes disso vai aumentar o inchaço, deixar manchas na pele, caso o local esteja ainda arroxeado ou amarelado, além de facilitar o sangramento.

Siga todas as orientações médicas

Mesmo que não sinta dor e esteja disposto não deixe de ter os cuidados indicados pelo cirurgião que inclui a drenagem linfática ou o uso de malhas compressivas.