fbpx

Diferenças entre botox e preenchimento facial

por Dr. Fernando Rodrigues |  5 de maio de 2020
Diferenças entre botox e preenchimento facial

Botox e preenchimento facial são tratamentos cosméticos minimamente invasivos, administrados por meio de injeções, para combater a perda de volume e manter a jovialidade da aparência.

Ambos aumentaram em popularidade ao longo dos anos, pois os dois são muito eficazes na retificação dos sinais de envelhecimento.

Botox e preenchimento facial são frequentemente considerados sinônimos, mas, na verdade são indicados para tratar diferentes problemas.

Para quem está considerando entre os preenchimentos dérmicos ou Botox, aqui está uma visão detalhada das semelhanças e diferenças.

O que é o Botox?

O Botox tornou-se um tratamento muito popular nos últimos anos, e ainda há muita desinformação ao seu redor. Então, aqui estão listados alguns fatos esclarecedores. 

O Botox é o nome comercial da toxina botulínica. O Botox usado na pele é uma pequena forma purificada desse produto químico, extraída da bactéria (Clostridium botulinum). Ele funciona congelando ou paralisando temporariamente certos músculos do seu rosto.

Se aplicado em quantidades maiores, pode ser perigoso. No entanto, as pequenas quantidades usadas para corrigir rugas são seguras e já vem sendo usadas há alguns anos.

Quais rugas o Botox ajuda a corrigir?

O Botox só pode funcionar em rugas causadas pelo movimento muscular, conhecido pelos médicos como “rugas dinâmicas”.

Por exemplo, aquelas rugas na parte superior do rosto. Em particular, as rugas causadas por estrabismo, sorrisos ou fortes expressões.

As rugas típicas e mais desejadas para redução ou remoção são as linhas horizontais na testa, as rugas no estilo ‘11’ entre as sobrancelhas e os famosos “pé de galinha”.

Por outro lado, o Botox não é recomendado para corrigir as rugas conhecidas como “rugas estáticas” — causadas por perda de volume ou flacidez na pele — normalmente encontradas no pescoço ou nas bochechas.

Botox é permanente?

Não, o Botox não é uma solução permanente. Portanto, será preciso repetir o procedimento para manter a nova aparência.

Em alguns casos, essa manutenção pode ser realizada a cada 3 ou 4 meses.

Quais são os efeitos colaterais do Botox?

Efeitos colaterais geralmente são temporários. Por exemplo:

  • Comichão, erupções cutâneas ou urticária;
  • boca seca;
  • paralisia ou fraqueza dos músculos perto dos locais de injeção;
  • dores de cabeça;
  • náusea;
  • inclinação da testa ou pálpebra;
  • sintomas semelhantes aos da gripe;
  • inchaço, dormência, dor, vermelhidão ou sangramento.

Para ajudar a evitar “queda” de músculos ou outros problemas, não se deve massagear a área da pele onde foram feitas as aplicações.

O que são preenchimentos faciais?

Os preenchimentos faciais também são conhecidos como preenchimentos dérmicos. Como o Botox, são usados para prevenir ou eliminar sinais de envelhecimento no rosto, por exemplo, as rugas. 

É aqui que as pessoas costumam ficar confusas. A principal diferença entre os dois é que o Botox reduz a atividade dos músculos do rosto que causam rugas.

Os preenchimentos faciais, no entanto, preenchem as áreas problemáticas com colágeno, o que ajuda a estimular o crescimento dessa substância no rosto. 

Isso ajuda a pele a obter a aparência mais jovem, além de eliminar os sinais de envelhecimento que ocorrem como resultado do esgotamento do colágeno.

Quais são os possíveis efeitos colaterais dos preenchimentos dérmicos?

Vale ressaltar que, embora os preenchimentos dérmicos sejam considerados seguros para uso em um grande número de casos, é possível que você sofra efeitos colaterais.

Se você estiver preocupado com alguma dessas situações e desejar uma avaliação mais profunda dos riscos, consulte seu médico. Esses efeitos colaterais incluem:

  • Sentir as substâncias usadas sob a pele;
  • prurido, erupção cutânea ou espinha como erupções;
  • correção excessiva de rugas;
  • hematomas ou vermelhidão;
  • nódulos ou assimetria indesejável na aparência da sua pele;
  • danos na pele que levam a cicatrizes, feridas ou infecções.

Diferenças e semelhanças entre botox e preenchimento facial

Como eles são administrados?

A semelhança mais óbvia entre preenchimentos dérmicos e Botox é que ambos são aplicados por injeção.

Qual o seu objetivo?

Botox é projetado para congelar os músculos e reduzir os efeitos das rugas causadas pelas expressões faciais.

Os preenchimentos dérmicos são usados para melhorar áreas que perderam suavidade ou volume.

Quais as áreas do rosto são mais adequadas para esses procedimentos?

O Botox é normalmente usado na área superior da face para tratar rugas na testa.

Os preenchimentos dérmicos são comumente usados ao redor da boca, nas bochechas ou lábios.

Quanto tempo eles duram?

Os preenchimentos dérmicos podem durar de 6 meses a 2 anos, enquanto o Botox tende a durar de 3 a 4 meses. No entanto, esses períodos podem variar com base em vários fatores.

Botox ou Preenchimento facial: Qual deles você precisa?

Existem algumas diferenças bem claras entre os preenchimentos dérmicos e o Botox. Isso significa que cada um deles trata de problemas específicos e exigem a correta indicação para alcançarem resultados satisfatórios.

Com isso dito, não é preciso necessariamente escolher entre um ou outro. Quando a paciente procura esse tipo de tratamento, geralmente, o especialista é quem vai recomendar a aplicação de um ou de ambos.

O Botox pode ser usado para reduzir eficazmente as rugas na área superior da face, enquanto os preenchimentos dérmicos aumentam a gordura dos lábios e das bochechas circundantes.

Por serem de baixo risco e relativamente acessíveis, Botox e preenchimentos faciais estão se tornando uma maneira cada vez mais popular de reduzir os sinais de envelhecimento e ajudar as pessoas a se sentirem melhor com sua aparência.

Para não ter dúvidas sobre qual procedimento escolher, recomendamos conversar com um cirurgião plástico membro e certificado pela sociedade brasileira de cirurgia plástica.