Redução de mama: com ou sem prótese de silicone? Como escolher?

por Dr. Fernando Rodrigues |  20 de fevereiro de 2018

A cirurgia de redução de mama, também conhecida como mamoplastia redutora, é o procedimento no qual as mamas são diminuídas em tamanho e peso. Realizado em mulheres e homens.

Redução de mama: com ou sem prótese de silicone? Como escolher?

A cirurgia de redução de mama, também conhecida como mamoplastia redutora, é o procedimento no qual as mamas são diminuídas em tamanho e peso. Além das mulheres, o processo também pode ser realizado em homens que possuem ginecomastia.

Associada à parte estética, a cirurgia melhora o contorno corporal e a autoestima, ao eliminar o que é incômodo. Durante a redução, pode ser implantada uma prótese mamária, caso seja o desejo da paciente.

Mas por que reduzir a mama e em seguida colocar uma prótese? Quando a redução de mama é indicada? Como escolher entre colocar a prótese ou não? Continue conosco para obter as respostas e fazer a escolha correta para o seu procedimento!

Quando a redução de mama é indicada?

A mamoplastia é indicada para pessoas com mamas excessivamente grandes. Muitas vezes, o peso da mama pode causar dores na coluna, distúrbios na postura e baixa autoestima.

Em casos de gigantomastia — quando é retirado mais de 1 quilo de tecido em cada mama —, pode ocorrer aumento da curvatura da coluna. O excesso é prejudicial e pode gerar cifose, lordose ou escoliose. O procedimento é indicado também para homens com mamas aumentadas.

Quando colocar a prótese mamária na redução de mama?

Ao realizar a redução de mama, é necessário que a paciente fique com um volume moderado de tecido mamário para que se possa montar seios menores. Com o tempo, a ação gravidade e a substituição das glândulas mamárias por tecido gorduroso — fenômeno natural após os 40 anos — a mama sofre queda acelerada, perda do volume e sobra de pele.

Essas ações podem ser minimizadas com a retirada mais agressiva do tecido mamário e o implante de prótese no lugar, o que permite um resultado duradouro ao longo dos anos. Além disso, novos estudos apontam que o risco para desenvolver câncer de mama, nesses casos, é menor, já que o volume de tecido mamário restante é mínimo.

A escolha da prótese é feita por quem prioriza a estética e quer aproveitar o resultado ao longo dos anos. É preciso pensar e discutir junto a um cirurgião experiente e capacitado para tomar a decisão correta, já que uma vez colocada, a prótese será para a vida toda.

Quais são os benefícios do procedimento?

Ao fazer a cirurgia, o paciente tem uma melhora na qualidade de vida. O procedimento evita a flacidez causada pelos efeitos da gravidade ao longo dos anos, diminui as dores na coluna, cabeça e pescoço, corrige a postura e aumenta a autoestima.

No caso da redução com o implante da prótese mamária, o resultado é estável. A paciente terá seios mais firmes e o colo realçado por um período prolongado.

A redução de mama é um procedimento delicado e requer cuidado. Procure um profissional especializado e tire todas as dúvidas sobre a cirurgia e o implante de prótese mamária de acordo com seu tipo de corpo e desejo. Outro procedimento parecido a ser cogitado é a redução e lifting das mamas.

Que tal saber mais sobre o universo da cirurgia plástica? É só assinar a nossa newsletter e receber conteúdos como este na sua caixa de e-mail.