O que é e quando fazer a cirurgia de reconstrução de mama?

por Dr. Fernando Rodrigues |  19 de outubro de 2018

Os benefícios de uma cirurgia de reconstrução de mama são imensos. Eles vão desde a melhora da autoestima e da qualidade de vida, até a influência positiva na eventual necessidade de continuar o tratamento para o câncer de mama.

O que é e quando fazer a cirurgia de reconstrução de mama?

Tanto na vida pessoal quanto na carreira profissional, contar com uma boa autoestima é fundamental para qualquer pessoa. No entanto, ao longo da vida, somos submetidos a situações que colocam nossa autoconfiança à prova. Por isso, saber o que é e quando fazer a cirurgia de reconstrução de mama pode ser muito importante.

A mastectomia é um procedimento extremamente importante e que confere excelentes perspectivas de sucesso para mulheres com câncer de mama, especialmente quando detectado em fases precoces. Confira o conteúdo a seguir e conheça um pouco mais sobre essa técnica cirúrgica.

O que é a cirurgia de reconstrução de mama?

Você provavelmente já ouviu falar sobre os efeitos de uma mastectomia e como ela pode afetar psicológica e emocionalmente a vida da mulher. Muito oportunamente, existem campanhas intensivas de prevenção ao câncer de mama, como o Outubro Rosa, que estimula o exame e a importância do diagnóstico precoce.

A cirurgia de reconstrução de mama, portanto, é o procedimento realizado por cirurgiões plásticos para reestabelecer a estética dessa delicada região para as mulheres, que afeta muito intensamente a sexualidade, a autoestima, a vida pessoal e até mesmo as prioridades profissionais da paciente.

Quando fazer a cirurgia de reconstrução de mama?

A cirurgia de reconstrução de mama é indicada para mulheres que retiraram a mama por completo, ou parte dela, devido ao câncer. Quando for viável, o procedimento deve ser feito juntamente com a mastectomia, mas isso nem sempre é possível e essa decisão deve ficar a cargo do cirurgião, em conjunto com sua paciente.

Como as mamas têm um significado muito intrínseco com a feminilidade e a sexualidade, essa intervenção acaba indo muito além da questão estética, que também é importante. Mas a prioridade deve ser estimular a confiança e até mesmo vontade de viver da paciente, na sua força para seguir um tratamento desgastante.

Quais os benefícios da cirurgia de reconstrução de mama?

Como falamos, os benefícios de uma cirurgia de reconstrução de mama são imensos. Eles vão desde a melhora da autoestima e da qualidade de vida, até a influência positiva na eventual necessidade de continuar o tratamento para o câncer de mama, como a radioterapia ou a quimioterapia.

Como é a cirurgia de reconstrução de mama?

Em linhas gerais, os médicos optam por dois tipos de reconstrução: o uso de uma prótese de silicone ou o uso de tecidos musculares. Os implantes são mais indicados para quando, durante a mastectomia, é possível preservar pele, aréolas e mamilos. Uma vantagem é que é possível escolher o formato e a projeção de acordo com o biótipo.

Já quando a reconstrução parte de tecidos da própria paciente, é feita uma retirada de pele e de gordura, geralmente da região abdominal, para utilizar no local das mamas e reconstruir os seios. É uma excelente opção para mastectomias parciais ou para garantir que não exista risco de rejeição ou encapsulamento.

Como você pode ver, a cirurgia de reconstrução de mama é uma alternativa importante para devolver a autoestima da mulher. Com a tecnologia atual, promete resultados muito simétricos e satisfatórios.

Gostou de conhecer a cirurgia de reconstrução de mama? Deixe o seu comentário aqui no post!