Rinoplastia fechada X aberta: quais as principais diferenças?

por Dr. Fernando Rodrigues |  4 de abril de 2019
Rinoplastia fechada X aberta: quais as principais diferenças?

O nariz é, para muitos especialistas em cirurgia plástica e, até mesmo, profissionais vinculados à moda, o item mais importante na hora de trazer beleza e harmonia para a face humana. Por isso, aprender as diferenças entre a rinoplastia, tanto fechada e quanto aberta, é um tema que vem chamando bastante a atenção do universo da estética.

A ciência e a medicina seguem em constante evolução, melhorando as suas técnicas e trazendo mais alternativas para quem deseja ter um rosto com traços mais próximos de seus próprios ideias de perfeição. Confira o conteúdo, a seguir, e descubra as diferenças entre essas duas opções!

A duração do procedimento

Normalmente, a duração dos dois procedimentos é bastante similar. Eles podem durar em torno de duas a quatro horas, dependendo da complexidade da cirurgia, de características individuais e da habilidade do médico.

Enquanto a cirurgia fechada exige muita aptidão do cirurgião, a aberta permite um campo visual um pouco melhor, que confere mais controle para trabalhar. Ambas podem ser feitas com a aplicação de anestesia local com sedação ou com a geral. O tempo de internação no hospital é praticamente o mesmo, durando apenas um dia, em média.

As diferenças entre as incisões

As diferenças entre a rinoplastia fechada e aberta começam nas incisões. Na na primeira opção, os cortes são feitos apenas no interior das narinas. Já na segunda opção, o cirurgião deverá também fazer os cortes no tecido localizado entre as narinas (columela).

Obviamente, a escolha entre as técnicas depende das expectativas do paciente e também da análise do profissional, que deve ser experiente e capacitado para executar o procedimento com total maestria.

Powered by Rock Convert

Os tipos de cicatriz

As cicatrizes são diferentes entre as técnicas e contribuem bastante para a escolha de uma ou outra opção. Na rinoplastia fechada, ela é bem discreta e chega a ser praticamente imperceptível, até mesmo, com um olhar mais atento, visto que as incisões são feitas do lado de dentro, no interior das narinas.

Isso não quer dizer que a rinoplastia aberta deixará marcas visíveis, pois suas cicatrizes também costumam ser mínimas, até porque a região das incisões favorece que qualquer vestígio fique escondido.

O período pós-operatório

Por fim, o período pós-operatório é outra diferença entre os dois procedimentos. Nesse caso, a rinoplastia fechada costuma ser um pouco mais vantajosa, uma vez que o risco de choques ou de atritos durante a cicatrização tende a ser bem menor.

A rinoplastia aberta é um procedimento um pouco mais invasivo e, por isso mesmo, demanda uma recuperação mais cuidadosa. No entanto, em ambos os casos, é comum que haja um pouco de inchaço no rosto e ao redor dos olhos, que passará gradualmente com o decorrer do tempo.

Como você pôde ver, a rinoplastia fechada e a aberta são duas técnicas bastante seguras, que possuem suas vantagens e características próprias.

Gostou de aprender mais sobre a rinoplastia fechada e a aberta? Quer conferir outros conteúdos como esse? Então siga nossos perfis no Facebook, no Instagram e no Twitter!