10 de Janeiro de 2018 por Dr. Fernando Rodrigues

Tenho dificuldade em respirar pelo nariz: devo fazer uma rinoplastia?

Se você tem dificuldade em respirar pelo nariz, certamente já ouviu de alguém que precisa fazer uma rinoplastia. Quem já passou por isso, provavelmente está se perguntando se a cirurgia...

Tenho dificuldade em respirar pelo nariz: devo fazer uma rinoplastia?

Se você tem dificuldade em respirar pelo nariz, certamente já ouviu de alguém que precisa fazer uma rinoplastia. Quem já passou por isso, provavelmente está se perguntando se a cirurgia resolveria de fato o problema.

Na verdade, não são poucas as pessoas que já apresentaram algum problema relacionado ao nariz ao longo da vida. A dificuldade em respirar corretamente pode ser derivada de uma obstrução nasal.

Essa condição faz com que o paciente respire o tempo todo pela boca, deixando o aparelho respiratório mais propenso a infecções. Suas causas mais comuns são o desvio de septo, pólipos e hipertrofia dos cornetos.

E muitos pacientes recorrem a rinoplastia para solucionar esses problemas.

Mas afinal, o que é a rinoplastia?

Trata-se de uma cirurgia que não tem uma indicação única e, portanto, pode ser personalizada de acordo com as necessidades do paciente. Para você ter uma ideia, ela pode tanto corrigir esses desvios quanto ser feita apenas para fins estéticos.

Mesmo a cirurgia estética acaba melhorando a respiração do paciente. A boa notícia é que as condições conquistadas através dela perduram por toda a vida do paciente.

Como ela é realizada?

A cirurgia costuma durar entre 90 e 120 minutos. Normalmente, o paciente é submetido à uma anestesia geral e ela pode ser realizada mediante dois tipos de técnicas:

  • aberta: uma pequena incisão é feita na base do nariz e no interior das narinas. Esse processo é mais indicado quando for necessário modificar o formato da ponta do nariz.
  • fechada: nesse caso, há apenas as incisões na parte interna das narinas. Entretanto, ela exige grande atenção e precisão da parte do profissional, já que todo o procedimento é feito às escuras. É importante escolher um médico qualificado. 

Existe o risco de o problema piorar?

Um outro questionamento muito comum é se a rinoplastia pode dar errado e acabar piorando as condições respiratórias do paciente. Nos primeiros dias após a cirurgia, é normal que o paciente sinta dor e dificuldades para respirar.

Isso é resultado do inchaço provocado pelo procedimento. Entretanto, não há motivos para desespero, visto que esses sintomas devem desaparecer em algum tempo.

Entretanto, quando se trata de uma cirurgia estritamente estética, há um pequeno risco de as estruturas internas do nariz serem diminuídas e, consequentemente, a respiração se tornar mais difícil.

Quando a rinoplastia é indicada?

Além das correções de desvios e obstruções, alguns pacientes procuram pela cirurgia para modificar o formato do nariz. Por ser praticamente o centro do nosso rosto, ele se relaciona diretamente com a autoestima.

Entretanto, somente o médico poderá avaliar as condições do paciente e dizer se a cirurgia realmente é segura e se faz necessária. Isso porque, em alguns casos, existem alterações na estrutura interna do nariz que nunca provocaram sintomas.

É através dessa avaliação que o risco (da piora na respiração) de que falamos acima pode ser atenuado.

Se você tem dificuldades em respirar pelo nariz e está interessado em saber mais sobre a rinoplastia, leia este artigo sobre o tema. Também, entre em contato conosco e conheça um cirurgião renomado no ramo!