Cirurgia Plástica do Contorno Corporal

A Cirurgia Plástica do Contorno Corporal (Body lifting) melhora o tônus dos tecidos, elasticidade e a forma do corpo. Além de melhorar a autoestima e o bem estar

Cirurgia Plástica do Contorno Corporal

A obesidade é um problema que muitas pessoas enfrentam hoje em dia, mas depois da perda de peso outros problemas precisam ser tratados. Após grande redução ponderal e perda de tecido adiposo, a pele fica sem elasticidade e sustentação. As áreas que são comumente afetadas são: abdômen, mamas, braços, coxas e nádegas.

Exercícios físicos e dieta equilibrada nem sempre conseguem resolver a flacidez e os contornos irregulares. Envelhecimento, sol, gravidez e fatores genéticos podem agravar a elasticidade precária dos tecidos.

Para um corpo mais jovem e delineado o body lifting é o mais indicado, melhorando o tônus dos tecidos, a elasticidade e a forma do corpo. Dessa forma o paciente alcançará uma melhora na autoestima e aumento do bem estar.

Esse procedimento é dividido em quatro tipos: lifting de parte inferior do tronco, lifting das mamas, lifting dos braços e lifting das coxas.

O paciente pode ser liberado no mesmo dia ou no dia seguinte, necessitando repouso relativo e afastamento do trabalho por 14 dias. Malha compressiva é recomendada por 30 a 60 dias. E sol deve ser evitado por 6 meses no local das cicatrizes.

A cirurgia apresenta resultado quase imediato, mas o resultado final é possível dentro de 1 a 2 anos. As cicatrizes tendem a se tornar finas e claras com o tempo, e geralmente ficam em lugares escondidos por roupas. Para a manutenção do resultado é necessário manter uma alimentação saudável e pratica de atividades físicas, além disso, deve-se evitar oscilações de peso, o ganho abrupto pode provocar estrias e aumento das cicatrizes enquanto a perda poderá causar o reaparecimento de flacidez.


Dicas e Novidades

Saiba tudo sobre cirurgia plástica e estética, beleza, saúde e bem estar.