Sabia que existem diferentes tipos de lipoaspiração? Veja quais são!

por Dr. Fernando Rodrigues |  29 de junho de 2018

O Brasil é um dos países com maior número de realização de cirurgias plásticas no mundo. Entre os procedimentos mais procurados no país, a lipoaspiração lidera o ranking com mais de 250 mil intervenções apenas em 2016. Porém, as lipos não são todas iguais —...

Sabia que existem diferentes tipos de lipoaspiração? Veja quais são!

O Brasil é um dos países com maior número de realização de cirurgias plásticas no mundo. Entre os procedimentos mais procurados no país, a lipoaspiração lidera o ranking com mais de 250 mil intervenções apenas em 2016. Porém, as lipos não são todas iguais — existem várias modalidades e é importante conhecê-las para saber qual é a mais indicada para cada caso.

De forma geral, lipoaspiração é qualquer cirurgia que aspira gordura por meio de um pequeno tubo, chamado de cânula. O nome atribuído a essa operação pode variar de acordo com a cânula usada. É válido destacar que a quantidade de anestesia aplicada não define as categorias de lipo.

Neste post, descrevemos os principais tipos de lipoaspiração e para que casos cada técnica é mais adequada. Continue a leitura e descubra qual procedimento pode ajudá-lo a atingir seus objetivos!

Tipos de lipoaspiração mais procurados

Lipoaspiração tradicional

A técnica tradicional usa uma cânula simples, que é inserida na região em que a gordura será retirada. A resistência do tecido adiposo é, então, quebrada com força mecânica: o cirurgião plástico faz movimentos de vai e vem com o acessório para, aos poucos, aspirar a gordura local.

A anestesia nesse tipo de procedimento pode ser local, peridural (da cintura para baixo) ou geral. Essa técnica é indicada para a remoção de grandes quantidades de tecido adiposo.

Lipoescultura

Na lipoescultura, a gordura é retirada de uma região do corpo, como a barriga, por exemplo, passa por um processo de purificação e, depois, é enxertada em outra área, como face, queixo e glúteos. É um procedimento indicado para melhorar o contorno do rosto e do corpo.

A gordura enxertada, por ser proveniente do próprio paciente, dificilmente é rejeitada pelo organismo. Nos enxertos, cerca de 40% a 50% da gordura são reabsorvidos pelo corpo, enquanto o restante permanece de modo duradouro.

Vibrolipoaspiração

É uma técnica que usa uma cânula vibratória. A vibração auxilia na penetração do tecido adiposo, de forma a tornar o procedimento menos traumático. Nesse método, o sangramento e a dor pós-operatória tendem a ser menores do que nas cirurgias com cânulas simples.

Lipoaspiração a laser

Também conhecida por lipolaser ou laserlipólise, essa modalidade utiliza uma cânula com laser na extremidade. Antes da aspiração, o laser quebra os adipócitos (células de gordura) e deixa a gordura líquida.

Em seguida, uma outra cânula — simples ou de vibração — é inserida na região para fazer a sucção da gordura liquefeita, que é retirada mais facilmente. O calor do laser também cauteriza pequenos vasos sanguíneos e, assim, diminui o sangramento. Como há destruição de adipócitos, essa técnica não é indicada para enxertos.

Lipoaspiração ultrassônica

É semelhante à lipolaser, mas usa uma cânula que emite ultrassom em vez de laser. O ultrassom tem vantagens, já que liquefaz a gordura em menos tempo e é melhor para reduzir o sangramento e facilitar a retirada do tecido adiposo. Nesse procedimento não há destruição de adipócitos, que podem ser usados em enxertos posteriores.

Minilipo

A cânula utilizada na minilipo é mais fina (2mm) do que a de uma lipoaspiração tradicional (3mm). Assim, a minilipo é indicada para tratamento de áreas menores e com pouca gordura. Geralmente, a anestesia nesse caso é apenas local. Por isso, trata-se de um procedimento menos doloroso e com rápida recuperação.

Cirurgias de remoção de gordura localizada são frequentemente lembradas pelos benefícios trazidos aos pacientes, como o aumento da autoestima. Contudo, para garantir mais segurança e satisfação com os resultados, é imprescindível buscar por mais informações sobre os tipos de lipoaspiração, como riscos associados. Nessa etapa, é essencial consultar um especialista para esclarecer todas as dúvidas.

Gostou deste post? Então, entre em contato com a gente para fazer uma avaliação e receber orientação adequada que pode auxiliá-lo a alcançar seus objetivos.