fbpx

Descubra como funciona a lipoenxertia nos glúteos e como é o processo

por Dr. Fernando Rodrigues |  6 de maio de 2019
Descubra como funciona a lipoenxertia nos glúteos e como é o processo

A lipoenxertia nos glúteos é uma técnica comumente utilizada para reparar, definir, reduzir ou aumentar o volume dessa região do corpo. Por meio dessa técnica, o cirurgião plástico utiliza a gordura do próprio corpo do paciente para realizar o procedimento estético.

Powered by Rock Convert

Se você gostaria de entender um pouco mais sobre esse processo, este artigo foi feito para você. Veja, então, como é feita a lipoenxertia nos glúteos, quais os principais cuidados e como é a recuperação e a cicatrização. Acompanhe!

O que é lipoenxertia nos glúteos e quando ela é indicada?

É um procedimento em que o cirurgião retira a gordura de outras regiões do corpo. Geralmente, as partes escolhidas são aquelas em que as gordurinhas estão em em excesso, como abdome, coxas ou costas, por exemplo.

Uma das vantagens dessa técnica é que, além de aumentar, definir ou modelar o volume do bumbum, ela também possibilita a correção de partes do corpo que estão com excesso de volume.

Essa técnica é indicada para mulheres adultas, e que já ultrapassaram a fase de crescimento. Vale ressaltar que a lipoenxertia no glúteos não é aconselhada para adolescentes, já que o corpo ainda está em formação.

Como é feita a lipoenxertia nos glúteos?

O primeiro passo é definir de qual parte do corpo o material será retirado. Depois disso, o médico faz uma lipoaspiração para remover a gordura localizada e acumulada em locais indesejados. Assim que ela é recolhida, o passo seguinte é tratá-la, purificá-la e remover todo o sangue e resquícios de materiais celulares. Em seguida, a gordura será enxertada nos glúteos por meio de microinjeções.

O procedimento de purificação do material é importantíssimo para eliminar toxinas e reduzir o risco de falhas, como infecções, por exemplo. Essa fase exige bastante cuidado e é fundamental para que o enxerto seja feito com segurança.

A lipoenxertia exige o uso de anestesia peridural, raquianestesia ou anestesia local, que pode ser
feita com ou sem sedação. Para mais conforto e tranquilidade, o ideal é que a paciente seja
submetida à internação de 1 dia.

Quais os principais benefícios da lipoenxertia nos glúteos?

Os benefícios da lipoenxertia são inúmeros, mas para garantir a segurança e o sucesso nesse procedimento, a escolha de um cirurgião plástico experiente e especialista nessa área é fundamental.

Listamos alguns dos motivos que justificam a opção pela lipoenxertia nos glúteos. Veja quais são:

  • possibilita a correção da diferença de tamanho nas nádegas;
  • corrige a diferença de tamanho entre seios e glúteos;
  • permite o remodelamento similar ao formato original;
  • melhora a autoestima;
  • auxilia a manutenção do peso corporal;
  • diminui a flacidez.

Como é o processo de recuperação e de cicatrização?

A recuperação da lipoenxertia é um processo bem tranquilo e rápido. Como é um procedimento cirúrgico e que exige a retirada de gordura de outras partes do corpo, algumas mulheres se queixam de dores eventuais ou de algum desconforto, pequemos edemas ou hematomas.

No entanto, esses sintomas são comuns e costumam desaparecer dentro de 3 a 4 dias após a cirurgia. No entanto, para evitar maiores preocupações, a orientação é conversar com o seu médico e mantê-lo em sintonia com quaisquer sinais que estejam fora do esperado.

Nos primeiros dias de recuperação, o cirurgião prescreve analgésicos e orienta repouso relativo. A ingestão de água e de alimentos leves também é aconselhada.

Percebe-se, por fim, que essa técnica é bastante utilizada e, geralmente, os índices de satisfação atendem à expectativa. No entanto, para que a lipoenxertia nos glúteos seja segura, recomenda-se procurar um bom profissional de cirurgia plástica para se submeter ao procedimento.

Gostaria de mais informações sobre este procedimento? Agende agora uma consulta com o Dr. Fernando Rodrigues e conheça essas e outras soluções em reparação estética!