Pós lipoaspiração: quanto tempo demora para desinchar?

por Dr. Fernando Rodrigues |  25 de Janeiro de 2018

Por que ocorre inchaço pós lipoaspiração? É comum que as pessoas se assustem com a aparência do local após uma cirurgia. Veja porque ficar inchado é totalmente normal.

Pós lipoaspiração: quanto tempo demora para desinchar?

É normal ficar inchado depois de qualquer cirurgia, com a formação de edemas e uma sensação de desconforto. No caso do pós lipoaspiração não seria diferente. Trata-se de uma reação natural do organismo ao procedimento.

Assim, não há como evitar o inchaço, mas é possível reduzi-lo. Neste post apresentamos algumas dicas simples de como lidar com a situação da maneira mais rápida e saudável possível. Confira!

Por que ocorre inchaço pós lipoaspiração?

É comum que as pessoas se assustem com a aparência do local após uma cirurgia, acreditando até que ocorreu algo errado. No entanto, ficar inchado é totalmente normal. Essa é uma forma do próprio corpo tentar curar o corte deixado pelo procedimento.

O organismo acaba interpretando o curativo como uma inflamação, provocando inchaço, edemas e vermelhidão. Essa situação pode ser um pouco incômoda, mas pode ser resolvida se forem tomados alguns cuidados.

Quanto tempo demora para desinchar?

A intensidade do inchaço e o tempo que ele demora para passar pode variar muito de uma pessoa para outra e de acordo com a forma como ele foi tratado. No caso da lipo, pode durar um pouco mais que os outros.

Geralmente, o inchaço desaparece entre 4 a 6 semanas, podendo perdurar ainda por cerca de 6 a 8 meses. Tudo vai depender dos cuidados que forem tomados depois da lipoaspiração.

O que fazer para acelerar o processo?

Dá para reduzir o inchaço pós lipoaspiração com o uso de malhas de compressão, drenagens linfáticas e o consumo de chás e alimentos adequados. Confira nossas dicas a seguir:

Malhas de compressão

As cintas compressivas são fundamentais para a recuperação depois da lipo. Isso porque elas não só reduzem o inchaço, como também ajudam a moldar o corpo. Devem ser usadas nas primeiras 4 semanas ou pelo tempo que o médico achar necessário.

Drenagem linfática

A drenagem linfática ajuda a escoar o líquido retido, diminuindo o edema. Pode ser feita 2 vezes por semana, totalizando cerca de 10 sessões. O melhor é se fazer manualmente, deixando o uso de aparelhos apenas para casos especiais e sob orientação do cirurgião.

Além disso, é bom destacar que não devem ser feitas massagens, que podem acabar agravando o inchaço. Por isso, é necessário procurar apenas profissionais especializados em drenagem pós-operatória.

Alimentação pós-cirurgia

Na fase pós lipoaspiração é importante consumir muitos alimentos ricos em fibras, vitaminas e minerais. As frutas vermelhas são recomendadas por conterem anti-hemorrágicos e anti-inflamatórios. Já as cítricas contêm vitamina C, que aumenta a imunidade. Se for preciso, busque ajuda de um nutricionista para adotar uma dieta especial no período.

Chás diuréticos

Os chás verde, branco e mate são ricos em antioxidantes e são diuréticos, ajudando a eliminar o líquido acumulado no corpo. Podem ser consumidos de 2 a 3 vezes ao dia. O hibisco ou a cavalinha também podem ser boas opções.

Por fim, é bom frisar a importância de ingerir muita água e fazer repouso no pós lipoaspiração. É essencial seguir as recomendações do cirurgião plástico à risca, além de ter a consciência de que o inchaço é algo normal e que vai passar com o tempo.

Quer saber mais sobre o assunto? Então veja agora como é feita a lipoaspiração. Se tiver alguma dúvida ou quiser compartilhar como foi a sua experiência depois do procedimento, deixe seu comentário abaixo.