O que é Ritidoplastia? Quando fazer?

por Dr. Fernando Rodrigues |  7 de Março de 2018

Também conhecida como "cirurgia da face", a ritidoplastia é um procedimento cirúrgico que tem o objetivo de amenizar os sinais visíveis de envelhecimento no rosto e pescoço.

O que é Ritidoplastia? Quando fazer?

Com o passar dos anos, é normal que os músculos faciais percam a tonificação e a rigidez, causando certa flacidez na pele do rosto e o aparecimento de rugas. Para amenizar esses sinais, a ritidoplastia é o procedimento mais indicado.

Você sabe como funciona essa cirurgia estética e qual é o melhor momento para fazê-la? Confira as principais informações sobre a ritidoplastia neste post!

Afinal, o que é ritidoplastia?

Também conhecida como “cirurgia da face”, a ritidoplastia é um procedimento cirúrgico que tem o objetivo de amenizar os sinais visíveis de envelhecimento no rosto e pescoço.

A técnica consiste na remoção do excesso de pele, além de posicionar as estruturas faciais para rever parcialmente o efeito do envelhecimento facial de cada pessoa.

Quais são os tipos existentes?

A cirurgia plástica realizada para melhorar o aspecto de envelhecimento do rosto é dividida para cada área, recebendo um nome diferente para cada uma delas:

  • ritidoplastia do terço inferior;
  • ristidoplastia do terço médio;
  • lifting coronal.

Para quem essa cirurgia é indicada?

A ritidoplastia é indicada, principalmente, para pessoas com idade avançada ou para aquelas que têm grande envelhecimento na pele do rosto, como rugas e sulcos, que podem ser acelerados por diversos fatores, como:

  • tabagismo;
  • predisposição genética;
  • exposição excessiva aos raios solares;
  • maus hábitos alimentares.

Quais são os possíveis riscos?

A ritidoplastia é uma cirurgia que raramente traz riscos para quem realiza. No entanto, assim como em todo ato cirúrgico, é possível que haja alguns imprevistos. Entre eles, destacamos os que acontecem também por conta de um pós-operatório inadequado, como:

  • sangramento;
  • má cicatrização;
  • dor;
  • perda corrigível de cabelo no lugar das incisões;
  • possibilidade de um novo procedimento.

O que esperar dos resultados?

A ritidoplastia é uma forma segura de melhorar a aparência facial. É preciso ter em mente que ela não concebe a perfeição, mas otimiza todas as características naturais do rosto. O procedimento não muda ou restaura a vitalidade da juventude; por isso, o mais indicado é ter uma perspectiva realista em relação a todos os aspectos.

Dessa forma, é possível ter uma satisfação maior e, consequentemente, sentir-se incrível depois do procedimento, recuperando a autoestima.

Vale frisar também que os resultados podem variar de acordo com a idade, peso, sexo, tipo de pele, entre outros fatores. As pessoas que se interessam por essa cirurgia precisam ter boa saúde física e boa elasticidade da pele.

Como se preparar para a cirurgia?

Depois de conversar com o médico responsável pela cirurgia, será preciso fazer exames de laboratório ou passar por uma avaliação médica completa para verificar todas as suas condições de saúde.

Além disso, pessoas fumantes deverão parar de fumar bem antes da data marcada para a cirurgia. É recomendado também não tomar aspirinas, medicamentos naturais e alguns anti-inflamatórios, pois eles podem aumentar o sangramento.

Qual é o tempo de recuperação?

A recuperação da ritidoplastia é bem rápida. Apesar de ser uma cirurgia significativa, o nível de desconforto e de dor é relativamente baixo. É normal que o rosto fique inchado e a pele em mau estado, mas todos esses sinais diminuem após uma semana.

É possível também sentir um certo formigamento e dormência na face, que desaparecem entre duas e três semanas.

O pós-operatório é um momento que exige muito cuidado e dedicação, pois a pele fica extremamente sensível. Nessa fase, é preciso evitar atividades árduas, bebidas alcoólicas e cigarro. Todas essas medidas garantem um bom resultado e um rosto harmonioso.

Essa cirurgia plástica é ideal para recuperar a autoestima, deixando a pele facial com expressões suaves e com melhor elasticidade. Se você sente que o seu rosto tem excesso de pele e está flácido, converse com o seu médico sobre a possibilidade de realizar a ritidoplastia.

Gostou de saber tudo sobre o assunto? Então, leia mais sobre cirurgia facial e conheça técnicas para retardar o envelhecimento!